sábado, 14 de maio de 2011

Beto... Agora uma grande saudade!!!


Meu São Francisco de Assis


Protetor dos animais

Olhai por nós que rogamos

Vossa benção e muita paz.



Olhai os abandonados

Sofrendo agruras nas ruas

E os que puxam carroças

Açoitados nas ancas nuas.



Pelos pobres passarinhos

Que não podem mais voar

Presos em rudes gaiolas

Só porque sabem cantar.



E as cobaias de laboratório

Que sofrem dores atrozes

Em experiências terríveis

Que lhes impõem seus algozes.



Olhai os que são perseguidos

Sem piedade nas florestas

Só por causa da ambição

Dessas caçadas funestas.



Pelos animais de circo

Que não têm mais liberdade

Presos em jaulas minúsculas

À mercê de crueldade.



Olhai os bois de rodeio

E os sangrados nas touradas

Barbárie e crimes impostos

Por pessoas desalmadas.



Pelos que têm de lutar

Até a morte nas rinhas

Quando o homem faz apostas

Em transações tão mesquinhas.



Olhai para os que são mortos

Nos macabros rituais

Em altares religiosos

Que usam sangue de animais.



Meu bondoso protetor

Oro a vós por meus irmãos

Para que sua dor e tristeza

Não sejam sofrimentos vãos





domingo, 8 de maio de 2011

QTA MALDADE!!!!!!!!!












Cinco dias após ser recolhida por vendedora, Rosinha já ganhou 1,1 kg.
Expectativa é de que animal esteja pronto para adoção em 40 dias.

quarta-feira, 4 de maio de 2011

Fotógrafo flagra chimpanzé fazendo 'alongamento' no Quênia

Um fotógrafo amador conseguiu capturar imagens de uma chimpanzé fazendo movimentos que lembram uma sequência de alongamentos.

As fotos da chimpanzé Bahati foram tiradas enquanto ela se exibia para visitantes do Parque Nacional Sweetwaters, no Quênia.

O fotógrafo russo Alexey Tischenko, de 40 anos, visitava o parque com a filha Elizaveta, de 12, quando viu o animal.

Segundo Tischenko, a chimpanzé havia recém acordado quando iniciou a sequência de movimentos, por cinco minutos.

'Achei que ela voltaria a dormir e que não conseguiria nenhuma foto, mas então ela começou uma série de alongamentos hilários', disse.

'Ela não prestou muita atenção em nós, parecia apenas preocupada em fazer seus movimentos, que capturei com minha câmera', relatou.

A chimpanzé foi batizada Bahati, que significa 'sorte' na língua swahili, depois de ter sido encontrada em 1994 amarrada a um poste.

O dono da casa onde ela foi encontrada foi preso, e a chimpanzé acabou sendo levada ao parque dois anos depois.

Votação do Código Florestal brasileiro é adiada para próxima semana.

Depois de mais um dia de negociações e impasses sobre a polêmica reforma do Código Florestal, sua votação na Câmara dos Deputados foi adiada para a próxima terça-feira, dia 10.

Governo e líderes de partidos não entraram em acordo sobre pontos polêmicos do projeto de lei do deputado e relator da proposta, Aldo Rebelo (PCdoB-SP).

O ministro das Relações Institucionais, Luiz Sergio, disse que a mudança de data era 'um último esforço para a conclusão de um grande pacto sobre o novo código'. Entre as principais divergências, está a proposta de isenção aos pequenos produtores rurais de recompor as áreas de reserva legal - área da mata nativa que deve ser protegida. Outro ponto sem consenso diz respeito à ocupação das Áreas de Preservação Permanente (APPs) para agricultura e pecuária.

Horas antes, o Partido Verde (PV) havia entrado com um mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal contra a decisão de colocar a votação do projeto na pauta da sessão extraordinária desta quarta-feira.

Na véspera, o plenário havia aprovado - por 399 votos a 18 - a urgência para a votação das medidas da reforma do Código Florestal.

O PV argumentava que colocar a proposta em votação contraria a decisão adotada pelo então presidente da Câmara e hoje vice-presidente, Michel Temer (PMDB-SP), sobre a questão de ordem.

Segundo o entendimento do PV, é vetada a votação em sessão extraordinária de projetos de lei que possam ser editados por medidas provisórias, como era o caso do novo código.

Americana ganha direito de manter canguru como animal de estimação


Christie Carr mora no subúrbio de Tulsa e cria o canguru vermelho Irwin, que tem paralisia.
A legislação municipal não permite ter cangurus como animal doméstico, mas os vereadores aceitaram o argumento de que, por conta de sua doença, Irwin não oferece risco à população.

terça-feira, 3 de maio de 2011